Saúde: China garante 15 milhões de euros para centro obstétrico neonatal em São Vicente – ministro (c/áudio)

Porto Novo, 04 Abr (Inforpress) – O Ministério da Saúde tem garantias do governo da China quanto ao financiamento para a construção de um “grande centro obstétrico neonatal” em São Vicente, num investimento de 15 milhões de euros, conforme o ministro Arlindo do Rosário.

Trata-se de  “um compromisso” já assumido pela Cooperação Chinesa, que vai financiar esse centro, capaz ainda de servir a ilha de Santo Antão, explicou o ministro da Saúde, referindo-se a outros projectos previstos para São Vicente, que fazem com que a ilha possa “ganhar competência e capacidade de resposta” aos utentes.

Além da renovação de todo o equipamento do Hospital Baptista de Sousa, num investimento estimado em 90 mil contos, também está a ser construído o centro de hemodiálise, enquanto o centro de terapia ocupacional da Ribeira de Vinha vai ser transformado num centro de prevenção e tratamento do álcool e outras drogas, avançou ainda Arlindo do Rosário, que se encontra em visita de trabalho a Santo Antão.

O governante falou ainda dos investimentos que vão ser realizados, ainda este ano, em equipamentos (laboratórios, estomatologia, fisioterapia) em todos os centros de saúde e hospitais do país, os quais já estão na fase de aquisição.

Em Santo Antão, a aquisição de duas ambulâncias para o hospital regional e para o centro de saúde do Porto Novo, a recuperação das infra-estruturas de saúde e a colocação de enfermeiros nos planaltos Norte e Leste são algumas das acções previstas para 2019, segundo o ministro.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos