São Vicente: Simpósio germano-cabo-verdiano com cerca de 70 reuniões paralelas agendadas (c/áudio)

Mindelo, 12 Nov (Inforpress) – O quinto simpósio germano-cabo-verdiano de energia, que acontece hoje, no Mindelo, com cerca de 70 reuniões paralelas poderão originar parcerias e projectos entre os dois países, assegurou o director executivo adjunto da Câmara de Comércio Luso-alemã.

Estas reuniões constituem a “essência” deste evento e da missão empresarial, e que efectivam as relações entre as empresas da delegação alemã e as empresas e entidades cabo-verdianas, assinalou o responsável da organização, Paulo Azevedo.

“Nos próximos dias temos agendado cerca de 70 reuniões bilaterais, com a participação de cerca de 30 empresas e entidades cabo-verdiana”, asseverou a mesma fonte, adiantando que cada reunião é feita de forma individual e em diversos sítios pré-organizados.

“Fomentamos esta troca de experiência, canalizando a experiência do tecido empresarial alemão junto das empresas e entidades cabo-verdianas, a fim de apoiar possíveis parcerias bilaterais para o desenvolvimento de possíveis projectos em Cabo Verde”, disse o responsável, ressaltando o facto de a Alemanha ser um dos países pioneiros em eficiência energética, incluindo energias renováveis.

Paulo Azevedo reiterou a importância destes encontros, uma vez que as missões empresariais anteriores possibilitaram parcerias entre empresas cabo-verdianas e da Alemanha e já foram realizados projectos com “inputs, conhecimentos e soluções” vindos do país germanico.

Paralelamente, acontece hoje, no Mindelo, o V Simpósio Germano-cabo-verdiano com participação de oradores e especialistas dos dois países, cujo objectivo, ajuntou, é dar continuidade às relações iniciadas há cinco anos, com o sector energético no epicentro.

A ilha de São Vicente recebe este evento, desta vez abordando os subsegmentos indústria agro-alimentar e economia marítima, depois de no ano passado, no Sal, as atenções terem estado voltadas para o turismo.

“Tudo sectores que, por um lado, são importantíssimos para o desenvolvimento, mas por outro com desafios energéticos significativos”, considerou o director executivo adjunto da Câmara de Comércio Luso-Alemã.

O simpósio, que aborda temas como o “Sector de energia na Alemanha”, “Eficiência energética” e  “Oportunidades de negócio nos sectores agro-alimentar e de economia marítima” decorre no Mindelo até o final do dia, estando o encerramento a cargo do secretário de Estado Adjunto da Economia Marítima, Paulo Veiga.

LN/AA

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos