São Lourenço dos Órgãos: Carlos Vasconcelos faz um balanço “positivo” do ano 2023 e perspectiva um 2024 ainda melhor

João Teves, 18 Jan (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos considerou hoje que o ano 2023 foi “bom”, tendo em conta que conseguiram cumprir 80% do plano para o ano, perspectivando um 2024 ainda melhor.

Carlos Vasconcelos fez estas declarações em entrevista à Inforpress, em modo de balanço do ano 2023, que, no seu entender, foi “extremamente positivo” apesar dos desafios, e perspectiva um ano 2024 cheio de trabalho, desafios, mas melhor que o ano transacto.

Segundo o autarca, a equipa conseguiu executar cerca de 80 por cento (%) do plano de actividades para o ano 2023, apesar de se ter vivido e continuar a viver problemas derivados das guerras, conflitos externos, mas também da seca que continuou a assolar o município e o país.

Durante o ano 2023, Carlos Vasconcelos, disse que conseguiram terminar as obras do campo relvado, além da inauguração de estradas que permitem o melhoramento de acesso à pessoas e bens a algumas localidades, reabilitação de habitação das famílias mais carenciadas, construção de casas de banhos, sublinhando que a ambição da equipa camarária é ter o município com 100% das casas de família com acesso à casa de banho.

Igualmente, avançou que continuaram a melhorar o acesso à agua para as famílias, participaram de projectos de apoio ao micro-empreendedorismo em parceria com o IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional, com a distribuição de kits para contribuir para a melhoria de condições de vida dos munícipes.

Portanto, face à estes e outros ganhos, considerou que 2023, apesar de crises, conseguiram trabalhar e estar sempre próximos dos munícipes, atendendo às suas necessidades e a executar o plano de actividades.

Para 2024, realçou que este é o último ano do mandato, onde conta com cerca de 10 a 11 meses para trabalhar e conseguir executar quase que na totalidade aquilo que a equipa prometeu aos laurentinos em 2020.

O autarca adiantou também que há projectos e grandes obras que vão arrancar em breve, nomeadamente a asfaltagem da estrada de Laje a Longueira, início das obras de reabilitação do Auditório Municipal, requalificação do centro de João Teves, continuação dos trabalhos de desencravamento das localidades, intervenção e apoios nas famílias, entre outros projectos.

Questionado se pretende candidatar a mais um mandato, Carlos Vasconcelos evidenciou que isto vai depender do balanço que a equipa vai fazer, da opinião do público, mas também do apoio do partido, neste caso o Movimento para a Democracia (MpD).

MC/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos