Santo Antão: Professores marcham pelas ruas da cidade do Porto Novo no segundo e último dia da greve

Porto Novo, 23 Nov (Inforpress) – Dezenas de professores marcharam hoje pelas ruas da cidade do Porto Novo, em Santo Antão, no segundo e último dia da greve da classe docente, pela “valorização e dignificação” destes profissionais.

Os professores empunhavam cartazes com slogans a pedir uma nova grelha salarial para o pessoal docente, o pagamento do subsídio pela não redução da carga horária e a valorização e dignificação da classe, bem como mais qualidade do ensino.

O Sindicato Nacional dos Professores (Sindep) informou que a adesão dos professores no concelho do Porto Novo à greve nacional ultrapassou os 90 por cento (%).

O representante do Sindep no município do Porto Novo, João Santos, disse à Inforpress que houve escolas onde a adesão dos professores foi de 100%, como são os casos das escolas de Alto Peixinho, na cidade do Porto Novo, e de Alto Mira, no interior do município.

Nas duas escolas secundárias, a adesão estima-se em 90%, avançou o sindicalista, que descreveu com “tranquilo” o ambiente que marca a greve dos professores no município do Porto Novo.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos