Santo Antão: Poser com “forte aposta” na agricultura abrangendo perto de 200 famílias

Porto Novo, 30 Jun (Inforpress) – A agricultura tem sido uma das principais apostas do Programa de Promoção das Oportunidades Socioeconómicas no Meio Rural (Poser) em Santo Antão, em que beneficiou, nos últimos tempos, perto de duas centenas de famílias, através de projectos hidroagrícolas.

No Porto Novo,  mais de uma centena de famílias distribuídas por zonas como Alto Mira, Ribeira da Cruz, Ribeira Corujinha, Jorge Luís e Lajedinho,   foi beneficiada, nos últimos tempos, pelos projectos hidroagrícolas, enquanto nos municípios do Paul e Ribeira Grande perto de 70 famílias  oriundas de Penedo de Janela, Chã de Pedras, Ribeira da Torre e Garça, estão, actualmente, a ser beneficiadas.

Os projectos hidroagrícolas consistem no equipamento dos sistemas de produção de água com painéis solares, instalação do sistema de irrigação gota, preparação de parcela, de entre outras acções, que têm contribuído para melhorar as condições de vida das populações beneficiarias, através de promoção de uma actividades geradora de rendimentos.

O Poser é executado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente e co-financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Fundo Espanhol e Governo de Cabo Verde.

Graças ao programa, que em 2018 contemplou a ilha de Santo Antão com 90 mil contos, quase todos os furos existentes no concelho do Porto Novo estão a ser equipados com sistemas fotovoltaicos solares para a produção de água a um custo baixo.

O Poser, que actua igualmente nas pescas e também na pecuária, contemplou, recentemente, a comunidade piscatória do Monte Trigo, interior do Porto Novo, com uma embarcação semi-industrial de dez metros de comprimento.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos