Santo Antão: Fundo do ambiente disponibiliza quase um milhar de contos para reciclagem do lixo no Porto Novo

Porto Novo, 23 Mar (Inforpress) – O fundo do ambiente vai disponibilizar perto de um milhar de contos para a transformação do lixo em arte no município do Porto Novo, em Santo Antão, num projecto destinado aos artesões locais.

De acordo com a Associação dos Artesãos do Porto Novo (Associart), esse financiamento vai permitir criar em várias localidades do município oficinas de produção artesanal, a partir de reciclagem do lixo, incitativa que terá “grande impacto” ambiental, além de promover o artesanato local.

O projecto, segundo Associart, deve arrancar “em breve”, abarcando artesãos da cidade do Porto Novo e do interior do concelho.

Com a criação das oficinas de produção do artesanato, a partir de reciclagem do lixo, os artesãos esperam, além da preservação do meio ambiente, contribuir também para o fomento dessa actividade neste concelho.

JM/FP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos