Santo Antão: Cerca de 90 produtos e serviços já ostentam selo de origem atribuído pelo projecto Raízes

Porto Novo, 22 Nov (Inforpress) – Quase 90 produtos e serviços da ilha de Santo Antão já ostentam o selo de origem atribuído no quadro do projecto Raízes – Consolidar o Turismo Sustentável e Inclusivo em Cabo Verde, soube-se hoje junto deste projecto.

Dados avançados pelo projecto Raízes à Inforpress indicam que “até ao momento” foram entregues 86 selos de origem nos três concelhos de Santo Antão, os quais foram atribuídos a operadores turísticos, artesãos e empresários dos ramos de produtos agroalimentares transformados.

Conforme explicou a mesma fonte, para se aderir ao selo de origem é obrigatório que os produtos e mão de obra sejam de Santo Antão, realçando que esta chancela atribuída aos produtos e serviços genuínos de Santo Antão “tem contribuído para a valorização dos mesmos produtos e serviços” da região.

Também, a Brava conta com o selo de origem, ilha que tem “muitas similaridades” com Santo Antão em relação ao turismo de natureza, avançou a direcção do projecto Raízes.

“Então faz-se necessário a valorização dos produtos e serviços daquela ilha, onde, até ao momento, já foram entregues sete selos”, concluiu.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos