Santo Antão: Associação portuguesa Ser+ Dar+ Terapeutas Sem Fronteiras capacita pais e professores na área das NEE (c/áudio)

Ribeira Grande, 11 Jul (Inforpress) – Uma missão da associação portuguesa “Ser+ Dar+ Terapeutas Sem Fronteiras” está em Santo Antão para apoiar as delegações da Educação na capacitação de pais e professores para o trabalho com crianças com necessidades educativas especiais (NEE).

A coordenadora das acções desenvolvidas nas ilhas de Santo Antão e São Vicente, Rafaela da Silva Pereira, disse à Inforpress que a Associação tem trabalhado em várias ilhas do país e, em Santo Antão, o seu trabalho começou no concelho do Paul, mas devido ao interesse demonstrado por professores de outros concelhos, optaram por estender a sua acção aos três municípios.

“Trabalhamos maioritariamente nas áreas da formação, da capacitação quer dos professores quer dos pais”, disse Rafaela Pereira, que explicou, em declarações à Inforpress, os métodos utilizados, nomeadamente, “conversas abertas com as famílias sobre as necessidades que enfrentam, as estratégias de intervenção e como podem trabalhar esta área das NEE”.

O autismo e a dislexia mereceram atenção especial com conversas sobre as formas de identificar os sinais de alarme, sobre as potencialidades das crianças portadoras de autismo e de dislexia, como avaliar, como definir objectivos, bem como as formas de trabalhar com essas crianças.

Primeiros socorros, como actuar em casos convulsões epilépticas, a escolaridade obrigatória, as potencialidades de cada criança e o que poderá ser feito a longo prazo foram outros assuntos tratados durante a estada dessa missão da Associação Ser+ Dar+ Terapeutas Sem Fronteiras composta por uma equipa multidisciplinar.

HF/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos