Santiago Norte: Universidade de Santiago cria projecto para subsidiar refeição dos alunos vulneráveis

Assomada, 07 Jun (Inforpress) – A Universidade de Santiago (US) lança este sábado o projecto “Alimentar o Saber”, que visa subsidiar pelo menos uma refeição aos alunos vulneráveis que frequentam esta instituição de ensino superior do interior de Santiago.

À Inforpress, o gestor Comercial e Cultural da US, Carlos Borges, explicou que nesta primeira fase pretendem dar o pontapé de saída com o programa “US Concertos”.

O programa visa produzir concertos mensais com artistas ao vivo e banda, cujas receitas revertem-se a favor da subsidiação de refeição dos alunos, através do restaurante “Sombreira” da própria universidade.

Romeu di Lurdis e banda é o convidado da primeira edição do “US Concertos”, que arranca este sábado.

Numa segunda fase, o projecto será apresentado aos parceiros para que juntos possam dar respostas a essas necessidades, que segundo Carlos Borges “já se fazem sentir”, ou seja, “há alunos que passam dia inteiro sem fazer uma refeição”.

O responsável reconheceu que todos os alunos carecem de uma refeição, tendo em conta que se está numa região com muitas dificuldades. Entretanto, nesta primeira fase, será feita uma “discriminação positiva” beneficiando mais de duas centenas de alunos, que “realmente precisam”.

No seu entender, a falta de uma refeição tem prejudicado o aproveitamento escolar de muitos alunos, razão que o leva a afirmar que o projecto do Gabinete de Acção Social da US vai melhorar a vida dos beneficiados.

O concerto do artista Romeu di Lurdis e banda terá como palco o restaurante da US, Campus de Bolanha, Assomada, a partir das 20:00.

O “US Concertos” vai continuar no início do próximo ano, com concertos mensais, e, segundo a organização, vai ter bilhetes de 500 e de 1000 escudos incluído o jantar.

FM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos