Santiago Norte: Centro social mostra que a nossa visão social para Santa Catarina está no caminho certo – presidente da câmara

Assomada, 21 Nov (Inforpress) – A presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina afirmou que o Centro de Acolhimento e Integração Social (CAIS), inaugurado hoje em Assomada, mostra que a visão social para este município santiaguense está no caminho certo.

“A inauguração deste centro social com mais de 13 serviços sociais [da Câmara Municipal de Santa Catarina] mostra que estamos no caminho certo, e que a nossa visão social para Santa Catarina está no caminho certo”, declarou Jassira Monteiro, que falava no acto da abertura deste espaço interdisciplinar, presidido pelo ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire.

O CAIS, instalado nas antigas instalações do Centro de Saúde de Assomada e da Delegacia de Saúde de Santa Catarina, segundo a autarca, vai estar ao serviço não só deste município que comemora 189 anos este sábado,25, mas também de toda a região Santiago Norte.

“Hoje, inauguramos um grande centro e o maior de Cabo Verde que vamos pôr ao serviço não só de Santa Catarina, mas, também de toda a região Santiago Norte”, disse, notando que a inauguração deste centro social é prova da ousadia da câmara que dirige, para quem “é de rosto humano e muito social”.

O objectivo do CAIS é dar respostas, de forma célere, e facilitar a vida dos mais carenciados de Santa Catarina, segundo a única mulher presidente de câmara do País.

Segundo disse, tendo em conta que o centro vive de doações e voluntariado, por isso convidou os santa-catarinenses e parceiros a continuarem a apoiar este espaço para que o mesmo possa continuar a prestar um serviço de qualidade e de excelência aos seus utentes.

O CAIS alberga os serviços de Pensão Social, Habitação Social, Loja Social, Casa da Sopa, Centro Psicossocial, Direcção da Educação e Formação Profissional, Cadastro Social Único (CSU), Rendimento Social de Inclusão (RSI), bem como acolher os serviços da Verdefam, do ICIEG, para além de albergar ainda a Unidade de Atendimento aos Imigrantes/ Unidade Local para Imigração e a Assembleia Municipal de Santa Catarina.

Com excepção da sala da vereadora que tutela o pelouro do Desenvolvimento Social, Equidade e Igualdade de Género, este novo edifício multifuncional localizado perto dos Paços do Concelho no “coração” da cidade de Assomada, vai albergar as salas dos directores, dos coordenadores e dos técnicos dos mais diversos serviços da área social.

Por sua vez, o ministro Fernando Elísio Freire considerou a inauguração deste centro social “extremamente importante” para o caminho que o Governo determinou para o arquipélago e para a sua politica de inclusão social.

O governante disse acreditar que este espaço vai fazer jus ao seu nome par ser porto seguro para os que estão em dificuldades e igualar oportunidades.

“Este CAIS significa acreditar no amanhã e na igualdade de oportunidade para todos os santa-catarinenses e todos os cabo-verdianos”, disse, acrescentando que o mesmo espaço vai aproximar os cidadãos tanto dos serviços sociais da edilidade local como os do Governo.

A cerimónia de inauguração, que se enquadra no âmbito das festividades do dia da santa padroeira Santa Catarina e do Município, que comemora 189 anos este sábado, 25, foi marcada por um minuto de silêncio em homenagem à artista luso-cabo-verdiana Sara Tavares, falecida no domingo, e por actividades culturais.

Ainda no âmbito das festividades, arrancou hoje, na Zona Pedonal de Assomada, a Feira de Artesanato, Gastronomia e Agronegócio, e “Tardes Culturais”, que vão decorrer até sexta-feira, 24.

Para assinalar as festividades da santa padroeira desse município do interior de Santiago, foi programado um leque de actividades culturais, desportivas que arrancaram desde início de Novembro, e ainda inaugurações.

As festividades, que este ano se comemoram sob o lema “Nu sta djunto pa Santa Catarina” (Estamos juntos por Santa Catarina, em português), terão o seu ponto alto no dia 25, com uma procissão e missa em honra da santa padroeira, na Igreja Matriz com o mesmo nome, em Cabeça Carreira.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos