Santiago Norte: Administrador quer Delegação da Inforpress a “dar vez e voz” ao povo da região (c/áudio)

Assomada, 26 de Out (Inforpress) – O administrador único da Inforpress, Hamilton Jair Fernandes, anunciou hoje que a recém-criada delegação de Santiago Norte vai trabalhar para “dar voz e vez” à população das localidades mais encravadas desses seis municípios.

A ideia foi lançada durante o acto de abertura da Delegação da Inforpress em Santiago Norte, sita em Santa Catarina, mais concretamente em Assomada, e, segundo este responsável, esta delegação “trará ganhos”.

O objectivo, segundo o administrador único da Inforpress é “dar mais vez e voz” à população e isto acaba por ser uma “responsabilidade acrescida” para a Agência, realçando que a máxima da Inforpress é ser credível e fonte primária a nível das informações.

Daí, sintetizou, que “vez e voz” terá que ser “sempre com credibilidade, isenção e com o profissionalismo” a que a Agência Inforpress já habituou o seu público.

Conforme destacou, a região de Santiago Norte possui um território vasto, com seis municípios, um rácio populacional de quase 120 mil habitantes, com muitas localidades distantes e encravadas, as quais, com a criação de condições não só a nível de infra-estrutura e meios adequados, mas também a composição de uma equipa de profissionais, a Inforpress vai chegar a estas localidades e trazer à tona os desafios e problemas, mas também ganhos dessas comunidades.

Hamilton Jair Fernandes realçou que todo esse processo que hoje desencadeou na abertura da Delegação de Santiago Norte é “uma mais-valia” para o acesso e divulgação da informação, mas também na inclusão, justificando que todo o trabalho que os profissionais vão desenvolver não servirá apenas aos órgãos de comunicação públicos, mas também aos órgãos privados, que não têm alcance no território Santiago Norte.

Tendo em conta que o objectivo da Inforpress é estar presente em todo o território nacional, mas também na diáspora, onde já tem também uma jornalista em Portugal e mais adiante em outras regiões, Hamilton Jair Fernandes informou que o próximo passo será a criação de espaço e condições condignas para a efectivação de uma delegação na ilha do Fogo.

A nível da empresa, apontou que há ganhos a assinalar, mas também que há desafios para o futuro, mormente com o novo plano de actividades para o ano 2024, em que será feita a implementação do financiamento no quadro do contrato-programa assinado com o Estado de Cabo Verde, que criará condições para investir, não só nos recursos humanos, mas também nos recursos materiais.

Por seu turno, o secretário de Estado-adjunto do primeiro-ministro, Lourenço Lopes, que esteve presente no acto, considerou que a “força” da Inforpress está nos seus mais de 50 servidores de Santo Antão a Brava, e também em Lisboa.

“A Inforpress deve estar lá onde os outros órgãos não estão, dando cada vez mais voz às pessoas, as organizações da sociedade civil, aos partidos políticos, aos agentes desportivos e culturais e é assim que promoveremos a nossa identidade, cultura e sobretudo as nossas regiões”, disse, congratulando-se assim com a abertura da Delegação de Santiago Norte.

Com esta Delegação, o governante disse acreditar que é um instrumento, “não só para dar mais voz as populações” dos seis municípios da região, mas também para promover a região, com “grandes potencialidades” nas áreas da agricultura, comércio, ecoturismo e da sua diáspora.

Lourenço Lopes recordou que a comunicação social tem o condão de formar, informar, denunciar e de dizer aquilo que não vai bem, reforçando que uma imprensa que escrutina a acção política está a ajudar também na própria governação dos municípios e do País.

E com esta Delegação, aproveitou para desafiar os autarcas de Santa Catarina de Santiago para aproveitarem deste investimento da Inforpress e também da Rádio e Televisão Cabo-verdiana para “transformar” Assomada num centro da comunicação social, na ilha de Santiago e em Cabo Verde.

Lourenço Lopes anunciou durante o seu discurso que o Governo está “satisfeito” com o trabalho da administração e dos profissionais da Agência Inforpress, reforçando também os compromissos que o Estado possui com a Agência.

A Delegação em Santiago Norte tem dois jornalistas, duas estagiárias na área do jornalismo e um técnico de multimédia, além de estar apetrechada também com uma viatura que vai permitir a mobilidade dos profissionais e garantir a presença em todos os municípios.

MC/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos