Santiago: Câmara de Santa Catarina lança campanha para sensibilizar peões sobre mobilidade mais segura

Assomada, 20 Mar (Inforpress) – A Câmara Municipal de Santa Catarina, no interior de Santiago, lançou hoje uma campanha de sensibilização de peões sobre os cuidados a ter quando se atravessa uma estrada em segurança, mesmo que ali exista uma passadeira.

Nessas acções de sensibilização, os técnicos da Direcção Geral dos Transportes Rodoviários (DGTR), agentes dos Bombeiros Municipais e Polícia Nacional vão estar nas ruas de hoje a 20 de Abril em vários pontos da cidade de Assomada, mormente onde existem passadeiras e sinais luminosos (semáforos) para conversar com todos os utentes da via (peões e motoristas) e ainda distribuição de folhetos de esclarecimento e prevenção de acidentes e para uma mobilidade mais segura na cidade.

Em declarações à Inforpress, o vereador da Segurança e Protecção Civil, Emanuel Carvalhal, disse que tendo em conta que a cidade de Assomada foi requalificada recentemente em que foram colocadas passadeiras e sinais luminosos em vários pontos, que se notou da necessidade de sensibilizar os peões a terem mais cuidados quando vão atravessar uma estrada.

Na ocasião, o autarca reconheceu que ainda há uma série de deficiências na sinalização de passadeiras, tendo indicado que a edilidade vai fazer as correcções que abrangem marcas rodoviárias, sinais de indicações e de trânsito.

Tendo em conta que existem várias passadeiras e sinais luminosos junto dos estabelecimentos de ensino, Emanuel Carvalhal avançou ainda que a campanha “Aprender a ser peão” vai ser levada às escolas, com o intuito de sensibilizar os mais novos para o cumprimento das regras de trânsito, neste caso, aplicadas às pessoas que circulam a pé pelo espaço rodoviário.

O vereador aproveitou para aconselhar os peões a pressionarem sempre o botão do semáforo e aguardar pela “luz verde” para que possam atravessar a passadeira dentro da linha e nunca fora dela, como forma de se evitar acidentes.

Em Cabo Verde, a média anual de peões atropelados é de 220 pessoas.

A campanha decorre de uma parceria entre o Governo de Cabo Verde, o Ministério da Administração Interna, a DGTR e a Câmara Municipal de Santa Catarina.

FM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos