Santantonenses perguntam pelo pólo universitário da ilha de Santo Antão

Porto Novo, 08 Set (Inforpress) – Os santantonenses têm estado a perguntar em que pé se encontra o processo de instalação do pólo universitário de Santo Antão, que deveria, inicialmente, ficar concluído no início deste ano, segundo a previsão do Ministério da Educação.

“Gostaríamos de saber em que pé está o processo, já que o Governo tinha prometido o ensino superior para Santo Antão agora no arranque do ano lectivo”, disse Osvaldo Silva, que exorta os presidentes das câmaras desta ilha a pedirem ao executivo a materialização deste projecto.

Outros cidadãos desta ilha têm estado a se interrogar sobre o arranque do pólo, que passa pela instalação do Instituto Superior das Ciências Agrárias de Santo Antão, entre eles José Fortes, residente no Porto Novo, que lembra que o processo tem vindo a ser adiado “há já alguns anos”.

O presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, Aníbal Fonseca, diz esperar que o pólo universitário prometido pelo Governo “comece a funcionar já”, ou seja, ainda este ano lectivo, uma vez que as condições legais para o efeito estão criadas.

“Para o bem dos jovens, dos pais e encarregados de educação” desta ilha, o autarca exorta o Governo a concretizar “este desígnio” dos santantonenses. 

O pólo universitário da ilha de Santo Antão, que passa pela entrada em funcionamento do Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias, “já é quase uma realidade”, assegurou a Universidade Técnica do Atlântico.

Esta universidade garante, através do seu “newsletter”,  que, “brevemente” todas as unidades orgânicas desta universidade estão a funcionar, com a instalação do Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias, em Santo Antão.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos