Santa Catarina: Universidade de Santiago estimula alunos a tornarem-se “protagonistas do conhecimento” (c/áudio)

Assomada, 10 Jun (Inforpress) – A Universidade de Santiago (US) promove de hoje a sexta-feira, mais uma semana académica, desta feita a do Departamento de Ciências Jurídicas e Sociais (DCJS) com o intuito de estimular os alunos a tornarem-se “protagonistas do conhecimento”.

A intenção foi manifestada pelo chefe do DCJS, Nardi Sousa, em declarações à Inforpress, à margem da Semana do DCJS da US, que decorre até sexta-feira, 14, nos campus de Bolanha, Assomada (Santa Catarina) e da Praia, sob o lema “Competências educativas, direitos e saber fazer”.

A US, segundo a mesma fonte, pretende com esta semana reflectir o papel da educação, daí ter escolhido este lema, tendo em conta que aquela instituição do ensino superior defende que os alunos a partir do 2º ou 3º ano do curso têm que saber “fazer alguma coisa”.

“Queremos que as disciplinas que são teóricas no início tenham também a vertente muito prática para que os jovens possam hoje e amanhã produzir algo na sua área e trazer nossos conhecimentos, celebrar a academia e torná-los protagonistas”, explicou o académico.

Para ele, são os estudantes os protagonistas do conhecimento e os especialistas e investigadores são “protagonistas secundárias”, isto porque, conforme sustentou estes já têm uma agenda avançada e trabalhos publicados.

Segundo Nardi Sousa, os especialistas e investigadores, além de virem partilhar e ensinar os conhecimentos nesta semana académica, também vão aprender, ou seja, ajuntou que, com novos questionamentos e perspectivas, inclusive os questionamentos dos alunos, vão surgir outras ideias para as investigações que estes têm em curso.

“A semana visa mostrar o dinamismo da academia, trazer e propor projectos, e, sobretudo, fazer os alunos sentirem que em Cabo Verde têm acesso a grande parte daquilo que se produz a nível científico e intelectual. Nós temos uma agenda que é transformar os nossos alunos melhores do que nós [professores]”, enfatizou.

O evento teve hoje uma conferência inaugural subordinada ao tema “Soberania e ordem global”, proferida pelo professor da Universidade do Minho (Portugal) Wladimir Brito.

A semana académica, conforme a organização visa reflectir sobre o papel das ciências jurídicas e sociais nesta criativa tarefa de poder, e dever, contribuir para a sustentabilidade e inclusão social, assim como para o usufruto dos direitos sociais, políticos, económicos, culturais e ambientais.

A iniciativa, que vai proporcionar aos alunos da US a oportunidade de, fora da sala de aula, poderem reflectir e conhecer projectos e pesquisas dos especialistas nacionais e internacionais, vai ainda debater temáticas como “Reforma Penal”, “Relações Públicas e Comunicação para o Desenvolvimento Sustentável” e “Economia Social em Cabo Verde: Diagnóstico e realidade?”.

FM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos