Santa Catarina: Presidente da câmara promete pagar dívidas e recuperar viaturas penhoradas (c/áudio)

Assomada, 25 Out (Inforpress) – A presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina garantiu hoje que o município que dirige vai pagar a dívida de cerca de 22 mil contos a uma empresa de construção civil e recuperar as viaturas penhoradas pelo Tribunal.

Jassira Monteiro deu esta garantia em conferência de imprensa para esclarecer sobre a penhora das quatro viaturas, uma afecta ao seu gabinete e demais a outros serviços da autarquia, depois dos veículos terem sidos aprendidos, por ordem de um tribunal, esta terça-feira, 24.

“A penhora [das viaturas) deve-se à uma situação da dívida da câmara entre o período de 2004 a 2020, que tem a ver com obras do município, construção do estádio de Cumbém e estrada de Banana Semedo. Portanto, quando assumimos a câmara em 2020 encontramos o processo no Tribunal Judicial da Comarca de Santa Catarina a decorrer os seus trâmites normais”, explicou a autarca.

Perante tudo isso, garantiu que a câmara que lidera vai resolver esta situação “brevemente”, notando que estão há algum tempo em negociações com a parte credora, no sentido de chegarem a um acordo de pagamento da referida dívida.

“Reconhecemos que a dívida é da câmara e do município, e reconhecemos que as obras foram feitas”, constatou a autarca, que esteve ladeada na conferência de imprensa da sua equipa de vereadores, considerando a situação “lamentável” por afectar o normal funcionamento da câmara.

“A situação vai ser resolvida brevemente”, insistiu a única mulher presidente de câmara no País, assegurando que a edilidade de Santa Catarina não está falida, mas reconhecei que “tem dívidas, como qualquer outra instituição”.

Questionada se esta situação não afecta o “bom nome” da câmara e da sua equipa, Jassira monteiro respondeu nesses termos: “A Câmara é uma instituição de bem e tem sempre a melhor intenção (…) Por isso, que esta situação não afecta o nome da câmara e o nome dessa equipa”, esclareceu

Na ocasião, Jassira Monteiro reiterou que mantém firme a sua intenção em ser candidata às autárquicas de 2024, acreditando que vai ser validada pelo seu partido, o Movimento para a Democracia.

“Somos uma câmara transparente, e uma equipa transparente que está firme e decidida a continuar à frente dos destinos desse município, e com confiança das pessoas, porque até agora temos dado provas que somos uma equipa que trabalha com transparência e clarividência”, concluiu a autarca santa-catarinense.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos