Ribeira das Patas: Agricultores de sequeiro dão como “praticamente perdido” ano agrícola

Porto Novo, 12 Set (Inforpress) – Os agricultores de sequeiro na Ribeira das Patas, no interior do município do Porto Novo, em Santo Antão, dão como “praticamente perdido” o ano agrícola, dada a demora na queda de chuvas, nessa localidade.

O presidente da Associação para o Desenvolvimento Integrado para o Desenvolvimento Integrado da Ribeira da Patas, Arlindo Delgado, confirma que tem estado a conversar com os agricultores, que já dão como perdido o ano agrícola, numa altura em que aguardam ainda pelas precipitações.

Ribeira das Patas, um dos maiores vales agrícolas da ilha de Santo Antão, possui “um número considerável” de agricultores de sequeiro que, este ano, já consideram perdido o ano agrícola.

Porém, este domingo, Ribeira das Patas e outras localidades do interior do Porto Novo foram bafejadas com chuva mansa, mas sem criar esperança aos agricultores, que se dizem já “desalentados” em relação ao ano agrícola.

Nas zonas altas do município, mormente no Planalto Norte, os camponeses manifestam-se, igualmente, “preocupados” com a demora na queda das primeiras chuvas, pairando já o espectro de “mais um ano difícil”.

Os criadores de gado dessa zona dizem enfrentar ainda o problema de água para os seus animais.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos