Reitor de universidade brasileira defende parceria público e privado como melhor modelo para financiar ensino superior

Cidade da Praia, 04 Abr (Inforpress) – O reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, do Brasil, José Vicente, sugeriu hoje, na Cidade da Praia, que o melhor modelo para o financiamento do ensino Cabo Verde seria o “juntar forças” entre o Estado e a iniciativa privada.

O responsável fez essa sugestão declarações à imprensa antes de proferir a conferência “As formas de financiamento do ensino superior e privado, a experiência da Faculdade Zumbi dos Palmares”, organizada numa parceria entre a Presidência da República e a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV).

“Precisa se achar um caminho, um meio-termo, que possa permitir que essas duas forças juntem os seus recursos e as suas expertises para permitir que o ensino possa ser aprimorado, melhorar a sua qualidade e, fundamentalmente, que ele possa ampliado”, explicou.

De acordo com o reitor, o “esse novo tempo tecnológico” vai exigir muitos investimentos para se dar um salto qualitativo e quantitativo, sendo que por isso, conforme advogou, a existência de parcerias é importante para a criação de recursos.

Adiantou, por outro lado, que essa visita a Cabo Verde é no sentido de “ouvir e aprender” as grandes realizações da Uni-CV e trazer as informações que estão a acontecer no ensino superior no Brasil e na América da Latina.

Pretende-se se com isso, segundo José Vicente, demonstrar de que maneira a Universidade Zumbi dos Palmares está construindo caminhos para criar condições e alternativa para esse novo milénio e para a nova era da tecnologia e da informação que está desafiando a todos.

A Faculdade Zumbi dos Palmares, mais conhecida como Unipalmares, é uma instituição de ensino superior, criada em 1996, para a inclusão e a qualificação do negro brasileiro.

OM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos