Qualificação CAN’2019: Cabo Verde joga hoje apuramento frente ao Lesoto

Cidade da Praia, 24 Mar (Inforpress)  – A selecção cabo-verdiana de futebol apresenta-se hoje, a partir das 14:00, na sua máxima força, no Estádio Nacional, na recepção ao Lesoto, em jogo de capital importância e de grau de exigência máxima na mira do CAN’2019.

A equipa parece estar concentrada e focada na vitória, imprescindível para poder ainda “sonhar” com as esperanças, ainda que remotas, de se qualificar pele terceira vez no seu historial para uma fase final do Campeonato Africano das Nações, que este ano se realiza no Egipto.

Os Tubarões Azuis, nome por que é conhecida a selecção de Cabo Verde, pedem casa cheia, porquanto Rui Águas e a sua legião querem contar com toda a euforia do público da casa para que a selecção anfitriã possa continuar na senda da vitória, pois estão convictos que um triunfo caseiro vai qualificar o arquipélago.

Certo é que, pela frente, no relvado sintético desta que é a maior infra-estrutura desportiva do país, vai estar a competir com Cabo Verde a “moralizada” selecção nacional do Lesoto, terceiro classificado deste Grupo L, com os mesmo cinco pontos que a Tanzânia (Cabo Verde soma quatro), de olhos postos na qualificação.

O governo deste país da África Oriental investiu e muito no apuramento, ao apresentar uma recompensa financeira nunca vista na selecção para se apurar para o CAN, pelo que  Cabo Verde vai ter de estar muito forte, técnico e tacticamente para contrariar este incentivo, uma vez que apenas resta uma vaga (segundo lugar) para os três concorrentes em jogo.

O apuramento de Cabo Verde depende ainda do que a selecção do Uganda, já qualificado e vencedora incontestável deste Grupo L de qualificação, fizer na sua deslocação a Dar-El-Salam para jogar a sua histórica invencibilidade frente aos locais da Tanzânia.

Para este jogo decisivo, a Confederação Africana de Futebol (CAF) indigitou um quarteto de arbitragem do Mali, chefiado por  Mahamadou Keita, que vai ser auxiliado por  Baba Yomboliba e Nouhoum Bamba, sendo que Gaoussou Kané vai desempenhar o papel do quarto árbitro.

Gregorio Badupa, da Guiné-Bissau, foi escolhido para o papel do comissário do jogo

À mesma hora, isto é, 18:00 da Tanzânia, uma equipa de arbitragem do Gabão, comandado por Eric Arnaud Castane, auxiliados por Moussounda Montel e Marlaise Boris, dará inicio ao jogo entre tanzanianos e ugandeses, com a formação da casa também na luta pela qualificação.

SR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos