Programa de eficiência hídrica e gestão de perdas vai estar concluído em dois anos – AdS

Cidade da Praia, 08 Nov (Inforpress) – A directora de Engenharia e Investimentos da Águas de Santiago (AdS) garantiu que o programa de eficiência hídrica e gestão de perdas, que prevê redução de 60% para 40% das perdas de água, vai estar concluído em dois anos.

Segundo Nivana Vieira, o programa iniciado em Janeiro deste ano, cujo 55% do orçamento estimado de 247 mil contos será investido na cidade da Praia por constituir o maior centro urbano em termos de clientes e redes, vai garantir maior disponibilidade de distribuição de água e sustentabilidade financeira da empresa.

Em entrevista à Inforpress, a directora informou que já foram iniciadas as obras nos municípios da Praia, São Lourenço dos Órgãos, São Salvador do Mundo e Ribeira Grande de Santiago (Cidade Velha).

Prepara-se, de igual modo, salientou, o início das obras nos restantes concelhos como Santa Catarina, Santa Cruz, Tarrafal e São Miguel.

Neste momento, revelou que em alguns bairros, as perdas físicas e comerciais chegam a valores inestimáveis, ou seja até 80%, e, por isso, a meta é substituir as redes obsoletas herdadas da anterior distribuidora e conter os roubos de água para rega, pontos de venda, roubo de água para construção civil e roubo nas residências.

“Na cidade da Praia já começaram as intervenções, quando fazemos intervenções encontramos muitas ligações clandestinas, ao interromper os fornecimentos acaba por afectar os infratores. Temos uma equipa no terreno que tem trabalhado para repor a normalidade da água e regularizar os clientes infratores”, afirmou, acrescentando que as redes já foram devidamente identificadas e inseridas no plano estratégico da AdS.

“A distribuição de água é consoante a produção da Electra. Quanto temos uma produção considerável temos maior número de horas nos bairros, mas temos tido casos de avaria que interrompe o abastecimento regular”, sublinhou, realçando que o programa prevê total substituição até meados de 2025.

Nivana Vieira apelou à colaboração e paciência da população e disse que após a conclusão do programa, vai ser feito um estudo para contabilizar os ganhos tanto para a população como para a própria empresa.

“Estamos engajados, temos as estratégias, temos as condições criadas e espero atingir o objectivo da redução dos 20% das perdas de água na ilha”, asseverou.

LT/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos