Professores em Santa Cruz descontentes com suspensão de bonificação sobre juros na Caixa Económica (c/áudio)

Cidade da Praia, 11 Out (Inforpress) – Um grupo de professores em Santa Cruz manifestou hoje o seu descontentamento com a suspensão da bonificação sobre juros por parte da Caixa Económica e pedem a resolução do problema que se arrasta há quatro meses. 

O porta-voz do grupo, que se deslocou à sede da Caixa Económica, em Chã d´Areia, Alberto Sanches, explicou que a situação atinge 15 pessoas, que adquiriram um crédito de habitação e lhes foram suspensos os juros bonificados a que tinham direito.  

Segundo Alberto Sanches tudo estava bem até ao mês de Junho mas, a partir daí, foram feitos descontos sem a bonificação, sendo que já recorrem a agência da entidade em Santa Cruz, que por sua vez informou que a situação seria resolvida. 

“O gerente disse que era algum erro e que iria ser ultrapassado, mas já se passaram quatro meses e ainda se regista a falha”, indicou, sublinhando que foram direccionados ao Ministério das Finanças que garantiu, no entanto, a aprovação da bonificação para 2021. 

“Daí a nossa estranheza que nos levou a denunciar o caso, temos os nossos compromissos com despesas e família, por isso consideramos um absurdo a Caixa Económica, enquanto instituição que zela pela prestação de um bom serviço, tratar os clientes desta forma”, assinalou. 

O grupo, além da reposição da bonificação, quer também a devolução dos valores que foram retirados desde Julho. 

A Inforpress tentou ouvir os responsáveis da Caixa Económica, mas foi informada de que a reacção seria feita esta terça-feira, 12. 

HR/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos