Presidenciais’2021: Joaquim Monteiro pede votos da população de Chã das Caldeiras na candidatura que vai “libertar” Cabo Verde

São Filipe, 15 Out (Inforpress) – O candidato a Presidente da República Joaquim Jaime Monteiro pediu esta quinta-feira, 14, um voto de confiança à população de Chã das Caldeiras na sua candidatura “por ser de todos os cabo-verdianos e a que vai libertar” Cabo Verde.

“No dia 17 de Outubro peço à população de Chã das Caldeiras, a todos os foguenses e cabo-verdianos a votarem no candidato que vai libertar Cabo Verde da ignorância e da roubalheira”, apelou Joaquim Jaime Monteiro, que passou a tarde desta quinta-feira, 14, naquela localidade do município de Santa Catarina do Fogo.

O candidato presidencial defendeu, por outro lado, que as potencialidades turísticas de Chã das Caldeiras devem ser melhores aproveitadas e que esta localidade é um “património mundial”.

“Chã das Caldeiras é um património mundial, por isso vamos lutar para a colocar lá em cima”, prometeu o aspirante a Presidente da República, defendendo, por isso, que a população tem que continuar a morar ao redor do vulcão.

Neste sentido, o auto-intitulado “candidato do povo”, que escolheu a ilha do Fogo para encerrar a campanha eleitoral, pediu aos moradores para “não terem medo do vulcão porque ele mesmo proporciona condições de sobrevivência”.

Joaquim Monteiro, que prioriza a agricultura e a pesca como sectores essenciais para a ilha do Fogo, advogou igualmente a realização de estudos e pesquisas científicas no Vulcão do Fogo, o que proporcionaria, a seu ver, a deslocação de cientistas em pesquisa de campo.

Hoje no último dia de campanha eleitoral, o antigo professor e combatente da liberdade da pátria, que aspira ser o mais alto magistrado da Nação, vai estar no concelho dos Mosteiros.

Tendo como lema “programar, planificar e unir Cabo Verde”, Joaquim Jaime Monteiro, que quer dar ao país um “novo rumo de desenvolvimento”, vai terminar as suas investidas na pretensão de chegar ao Palácio do Platô na Cidade de São Filipe.

Monteiro regressa domingo, 17, no início da tarde, à cidade da Praia, ilha de Santiago, para exercer o seu direito de voto numa das mesas do Liceu Domingos Ramos.

Às presidenciais do dia 17 de Outubro concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato.

OM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos