Presidenciais’2021: Joaquim Monteiro defende “adjudicação” de mais meios para justiça e pede libertação de Amadeu Oliveira

Mindelo, 06 Out ( Inforpress)- O auto-intitulado “candidato do povo”, Joaquim Monteiro, defendeu hoje no Mindelo que é preciso “adjudicar” mais meios à justiça, “para que haja um poder judicial à altura de Cabo Verde”.

Para Joaquim Jaime Monteiro, que falava aos jornalistas, depois de uma visita ao Palácio da Justiça e à conhecida “Praça Parlamento”, no coração da cidade, caso contrário não haverá o equacionamento dos problemas judiciais existentes no país.

“Digo mais: um juiz não pode pronunciar uma sentença sozinho, tem que haver um colectivo, de no mínimo três juízes, para decidir sobre o destino de um cidadão”, acrescentou.

Por isso, o candidato presidencial pediu a libertação “incondicional e imediata” de Amadeu Oliveira, acusando o actual Presidente da República como o “único responsável” pelo encarceramento do advogado.

“Peço ao meu camarada e antigo concorrente que liberte o Amadeu Oliveira porque amanhã ele vai carregar nas costas uma co-responsabilidade para a história deste país”, projectou Joaquim Jaime Monteiro, frisando que o Presidente da República tem poderes limitados e que é o mais alto magistrado do país.

“Eleito Presidente da República de Cabo Verde vou libertar Amadeu Oliveira”, garantiu o auto-intitulado “candidato do povo”, que pretende “planificar, programar e unir o país”, conforme o lema da sua candidatura.

Hoje, Joaquim Monteiro, combatente da liberdade da pátria, vai continuar no centro da cidade do Mindelo e nos próximos dias vai contactar as populações dos arredores da urbe mindelense.

Joaquim Monteiro, que ao sétimo dia de campanha eleitoral esteve somente em Santo Antão e São Vicente, viaja na próxima terça-feira,13, para a ilha de Santiago, onde se encontra o maior número de eleitores.

Às presidenciais do dia 17 de Outubro concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato.

OM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos