Presidenciais’2021: Fernando Delgado estranha falar-se neste momento em debates a dois na campanha eleitoral

Mindelo, 05 Out (Inforpress) – O candidato a Presidente da República Fernando Delgado considerou hoje que “não faz sentido” falar-se agora em debate a dois entre os sete candidatos e “rasgar o acordo” que foi assinado por todos, “em tempo útil”. 

Delgado reagia ao que disse ter ouvido de “alguns candidatos”, os quais “só agora”, com a campanha eleitoral a decorrer, e depois de um primeiro debate a sete, a 29 de Setembro, vêm mencionar debates dois a dois.  

“Haverá um segundo debate entre todos os candidatos, assim como foi combinado e assinado, mudar agora, como parece ser o desejo de alguns candidatos, é mexer em regras de um jogo quando o mesmo já vai perto do intervalo”, concretizou o candidato.  

“É no mínimo estranho virem agora com estratégias do tipo, numa tentativa de verem se saem por cima, mas tal desejo vai ficar por isso mesmo, porque já é tarde e o tempo para essa discussão deveria ser antes da assinatura do acordo pelas sete candidaturas e os promotores do debate”, finalizou.  

Na manhã de hoje, a candidatura que ostenta o slogan “Um Presidente presente” fez uma pausa nas acções de campanha na ilha de São Vicente para reuniões e acerto da estratégia do programa que vai cumprir, a partir da tarde de hoje, nas ilhas do Sal, Boa Vista e Santiago.  

Às eleições presidenciais do dia 17 de Outubro nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro. 

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos. 

AA/ZS

Inforpress/Fim  

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos