Presidenciais’2021: Fernando Delgado inicia acções de campanha eleitoral pela vila piscatória de São Pedro

Mindelo, 30 Set (Inforpress) – O candidato a Presidente da República Fernando Delgado abre a campanha eleitoral em São Vicente com uma deslocação, ao início da tarde de hoje, à aldeia piscatória de São Pedro, logo após a sua chegada à ilha.

O candidato participou na noite de quarta-feira, 29, num debate na televisão e rádio públicas e logo após a recepção no Aeroporto Internacional Cesária Évora deve seguir para a vila vizinha do aeroporto.

No debate, em que participaram mais cinco dos sete candidatos, Fernando Delgado defendeu o regime semi-presidencialista, em vigor no País, mas mostrou-se favorável a uma revisão constitucional em matéria de “fiscalização da transparência dos tribunais” pelo Presidente da República.

Ou seja, concretizou, “há necessidade de uma presença mais constante” do Presidente nos assuntos da justiça, daí a “necessidade urgente” de uma revisão constitucional para “trazer mais poderes” ao Presidente nesta matéria.

No debate, Fernando Delgado revelou ser contra a oficialização da língua cabo-verdiana, “por dúvidas” que disse ter sobre qual a variante a ser oficializada, prometeu, caso seja eleito, ser um Presidente “independente, presente e que faça respeitar os direitos de todos e cada um dos cidadãos” e pediu ainda “respeito entre os simpatizantes” de cada candidatura, por estar em causa “a defesa dos interesses de todos os cabo-verdianos”.

No período da tarde de hoje, para além de São Pedro, Fernando Delgado deve ainda desenvolver acções de campanha eleitoral nas localidades de Fonte Inês, onde se localiza a sua sede campanha, e Espia.

Na sexta-feira, 01 de Outubro, fará campanha nas localidades de Cruz João Évora, Ribeirinha, Bela Vista e Monte Sossego, antes de seguir, no sábado, 02, para a ilha de Santo Antão, onde permanecerá por dois dias.

Fernando Rocha Delgado, 40 anos, casado, filho de João Baptista Delgado e de Maria das Dores Rocha, é natural de Figueiral, Ribeira Grande, Santo Antão, onde nasceu a 03 de Fevereiro de 1981.

Engenheiro Naval, Mestre em Direito Marítimo e Comércio Internacional, Delgado reside em São Vicente e diz que prepara a candidatura há 17 anos.

Entra na corrida também para ajudar, como disse, a colmatar os problemas que afectam o País em diversos domínios, numa “luta pelo equilíbrio nacional”.

Por isso, se vencer o escrutínio do dia 17 de Outubro, promete ser “um mobilizador, um homem de equilíbrio, um árbitro presente e sério, de diálogo”, na luta contra os constrangimentos e a pandemia da covid-19.

Nas presidenciais do dia 17 de Outubro nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos, nomeadamente Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.

AA/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos