Presidenciais 2021: Candidatura de Carlos Veiga vai apresentar queixa-crime contra José Maria Neves

Cidade da Praia, 04 Out. (Inforpress) – A candidatura de Carlos Veiga vai apresentar uma queixa-crime contra José Maria Neves que, alegadamente, terá levantado nesta campanha um conjunto de “acusações e insinuações graves, desrespeitosas e infundadas” contra o antigo líder do MpD.

Os conferencistas alegam que José Maria Neves, ao lançar uma acusação indirecta à candidatura de Carlos Veiga, em induzir “a ideia de que estariam a ser utilizados meios públicos na campanha eleitoral em benefício de um candidato” e que os candidatos deveriam questionar sobre a origem do dinheiro gasto em “campanhas luxuosas” teve a intenção de atingir a honorabilidade do Governo e da candidatura de Veiga.

“Em política não vale tudo. A demagogia, o populismo, a intriga, a calúnia e o ataque ao bom nome dos adversários não serão tolerados por esta candidatura”, advertiu Adalberto Silva, para quem José Maria Neves vai ter que provar em Tribunal as alegações da utilização de bens públicos, equipamentos e materiais luxuosos e provar onde residem as diferenças de meios utilizados entre as duas candidaturas.

Considerando ainda que “o desempenho eleitoral de José Maria Neves não lhe dá o direito de conspurcar a honra de ninguém, Adalberto Silva disse que “a verdade e a elevação constituem um imperativo no desempenho do cargo de Presidente da República.

Já nos contactos directos com o eleitorado de São Salvador do Mundo, Carlos Veiga reagira esta manhã a estas acusações de José Maria Neves, alegando que as despesas da sua campanha estão previstas na legislação eleitoral e que o acusador “está numa campanha tão “luxuosa” como a dele, com situações idênticas em equipas de campanha, comunicação e imagem, outdoor e deslocações e que estas queixas não passam de algum sinal.

Nas presidenciais do dia 17 de Outubro, nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos, nomeadamente Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos