Praia: Grupo de “cidadãos preocupados” manifesta-se contra o aumento da energia elétrica em frente ao Palácio do Governo (c/vídeo)

Cidade da Praia, 01 Out (Inforpress) – Um grupo de “cidadãos preocupados” manifestou-se hoje em frente ao Palácio do Governo, na cidade da Praia, contra a “subida súbita” do preço de electricidade anunciada pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME).

Em declarações à Inforpress, a porta-voz do grupo, Paulina Teixeira, mostrou-se satisfeita com a adesão das cerca de três dezenas de pessoas à manifestação pacífica.

“Se sair uma ou duas pessoas, a manifestação já satisfaz. O importante é que as pessoas venham e expressem os seus sentimentos perante o que se está a passar”, disse.

Paulina Teixeira afirmou ainda que o grupo é de “cidadãos preocupados” com a situação do País, assim como com o aumento do custo de vida e com a vida das pessoas que não têm rendimentos e a forma como estas estão a sobreviver nesta altura.

“A mensagem que estamos a passar é de injustiça com este aumento, que há muitas pessoas a sofrer e a viver dificuldades e é preciso ver para o povo cabo-verdiano de uma forma diferente”, acrescentou.

Esta manifestantes exigiu ainda ao Governo que veja e oiça o povo, que saiba que o povo faz parte do País e que todas as decisões que tomar afecta as pessoas.

“Não podemos mais, precisamos de soluções, não precisamos de estrangulamento do Governo”, finalizou.
Entram em vigor a partir de hoje os novos preços de electricidade com as tarifas a sofrerem actualização média em torno dos 30%, conforme a ARME.

Segundo o secretário de Estado das Finanças, Alcindo Mota, a actualização tarifária leva os preços para nível de 2019 inferiores aos praticados entre 2012 e 2015.

GSF/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos