Porto Novo: Utentes dizem-se “aflitos” com rotura de medicamentos para tensão arterial nos últimos meses

Porto Novo: Utentes dizem-se “aflitos” com rotura de medicamentos para tensão arterial nos últimos meses

Porto Novo, 04 Set (Inforpress) – A rotura de medicamentos, nomeadamente para tensão arterial, que se tem verificado nos últimos dois meses no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, está a inquietar os utentes, que clamam pela normalização da situação.

Vários utentes, sobretudo hipertensos, que necessitam com regularidade dos medicamentos para controlar a tensão arterial, têm vindo a mostrar a sua aflição, por causa da falta dos mesmos na farmácia São João Baptista, a única actualmente em funcionamento em todo o município do Porto Novo.

O director da farmácia, Bernardino Santos, confirmou a rotura de alguns medicamentos para hipertensos, mas informou que se trata de uma situação que acontece a  nível nacional.

Bernardino Santos tranquilizou os utentes, informando que, ultimamente, a situação está a ser normalizada com a relação a muitos medicamentos em falta.

“A situação está a ser normalizada, mas há ainda falta de alguns medicamentos”, notou o farmacêutico.

Porto Novo dispõe, actualmente, apenas de uma farmácia em actividade.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos