Porto Novo: Situação financeira do município é “de facto desafiante”, diz edil

Porto Novo, 03 Set (Inforpress) – A situação financeira do município do Porto Novo é, “de facto, desafiante”, conforme o presidente da câmara municipal, que diz estar a trabalhar para encontrar as melhores soluções visando a sustentabilidade financeira desta autarquia.

“A situação financeira do município do Porto Novo é, de facto desafiante, para todos nós, mas não desistimos. Estamos a trabalhar e garanto que, da nossa parte, tudo faremos para encontrar as melhores soluções visando a infra-estruturação e a sustentabilidade financeira da autarquia”, admitiu Aníbal Fonseca.

Tratam-se de “desafios grandes” e a Câmara Municipal do Porto Novo “não consegue vencê-los sozinha”, explicou o presidente da edilidade, que volta “a desafiar o Governo a fazer uma grande reforma do poder local” e do quadro de financiamento municipal em Cabo Verde com vista “a dotar os municípios de melhoras condições de financiamento”. 

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo defendeu, esta quinta-feira, a necessidade de se fazer “uma profunda reestruturação” do quadro de financiamento municipal, designadamente do próprio estatuto dos municípios.

Aníbal Fonseca, que falava na sessão solene da Assembleia Municipal do Porto Novo, que assinalou o dia deste município, disse que “são raras as excepções” em Cabo Verde de municípios que se pode considerar “financeiramente sustentáveis”, pelo que há “desafios evidentes” que se colocam a nível do financiamento municipal.

Os líderes das duas bancadas na Assembleia Municipal do Porto Novo, MpD, que sustenta a câmara municipal, e PAICV, oposição, alertaram para a “insuportável” situação financeira do município, exortando o Governo a ajudar a edilidade a encontrar uma solução para o problema. 

JM/HF

Inforpress/Fim 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos