Porto Novo: Presidente da câmara realça impacto do Rendimento Social de Inclusão em benefício de 1.200 famílias

Porto Novo, 31 Ago (Inforpress) – Mil e duzentas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade já beneficiam do Rendimento Social de Inclusão (RSI), uma medida do Governo que, durante um período de cinco anos, contempla cada família beneficiária com 5.500 mil escudos mensais.

O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, realçou, por isso, “o grande impacto” que o RSI está a ter na vida destas famílias, identificados no âmbito do Cadastro Social Único (CSU), instrumento que tem permitido ao Governo e às câmaras municipais desenvolverem “políticas de apoio às pessoas mais vulneráveis”.

Durante uma visita do ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social a Porto Novo, esta segunda-feira, 30, Aníbal Fonseca manifestou o “engajamento” da sua autarquia na promoção da “melhor inserção social” das famílias, contribuindo, assim, para a redução da pobreza extrema, neste município.

Porto Novo já dispõe do serviço de apoio integrado às famílias vulneráveis, aberto, segunda-feira, pelo Governo, estrutura que, no entender do presidente da câmara municipal, vai permitir “uma melhor integração social e produtiva das famílias pobres”, eliminando as simetrias e provendo “uma verdadeira inclusão” das pessoas.

Mais de quatro mil famílias no município do Porto Novo, em Santo Antão, estão já inscritas no CSU, medida governamental que tem permitido “localizar” potenciais beneficiários de programas de protecção social, neste concelho.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos