Porto Novo/Pescas: Líder dos pescadores considera cais de pesca um “investimento estratégico” para Santo Antão

Porto Novo, 31 Jan (Inforpress) – O presidente da Associação dos Pescadores do Porto Novo, Atlermiro Neves, disse, terça-feira, que a construção de um cais de pesca representa “um dos maiores desafios” que se colocam ao sector pesqueiro na ilha de Santo Antão.

Atlermiro Neves, que falava num encontro entre o ministro do Mar e os pescadores na cidade do Porto Novo, considerou que o porto de pesca constitui “um investimento estratégico” para Santo Antão, “pela dimensão” que o sector pesqueiro está a ganhar nesta ilha, com uma das maiores frotas de pesca a nível semi-industrial.

Por isso, a seu ver, a construção do cais de pesca não pode continuar a ser adiada, adiantando que “os pescadores não aceitam isso”, ou seja, que o projecto prometido pelo Governo continue a ser atrasado.

O adiamento deste investimento pode “desmobilizar” os operadores que desejam investir na actividade pesqueira em Santo Antão, alertou o líder dos pescadores, que pediu ao Governo que, no quadro do projecto de expansão do porto do Porto Novo, seja disponibilizada “uma parte” desta infra-estrutura portuária para actividade pesqueira.

Uma proposta da qual o ministro do Mar tomou “boa nota”, assegurando que “a partir do momento em que houver o alargamento do porto, uma parte será destinada à pesca”.

No encontro com os pescadores, que se realizou no âmbito de uma visita que Abraão Vicente está a efectuar a Santo Antão, os operadores pediram a construção de uma casa de pescadores na cidade do Porto Novo e a construção de um arrastadouro de botes nesta urbe.

Esta quarta-feira, no último dia da visita de quatro dias a Santo Antão, o governante desloca-se a Tarrafal de Monte Trigo, uma das mais importantes comunidades piscatórias da ilha de Santo Antão.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos