Porto Novo: Município vai ter casa de apoio às mulheres vítimas de violência baseada no género

Porto Novo, 25 Out (Inforpress) – Porto Novo, em Santo Antão, vai ter casa de casa de apoio às mulheres vítimas de violência baseada no género (VBG), que começará a funcionar em 2024, numa iniciativa da edilidade porto-novense.

A Inforpress soube junto da autarquia, que a criação da casa de apoio às mulheres vítimas de violência baseada constitui uma preocupação do executivo camarário e do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade do Género (ICIEG), que já trabalham com vista à concretização deste projecto.

Em parceria ainda com o ICIEG, a Câmara Municipal do Porto Novo disse que vai promover iniciativas visando o combate à violência com base no género, pretendendo ainda capacitar as mulheres na área do planeamento, gestão e desenvolvimento de ideias de negócios.4

A edilidade tem ainda inscrito no seu plano de actividades para o próximo ano a formação e apoio às mulheres deste município a nível de actividades geradoras de rendimento.

Porto Novo dispõe de um centro de combate à violência baseada no género, pretendendo a edilidade o ICIEG avançar, a partir de Janeiro próximo, com a criação de uma de apoio às mulheres vítimas da VBG.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos