Porto Novo: Fundação Fundamental enaltece “esforços” da edilidade na criação de espaços verdes

Porto Novo, 03 Out (Inforpress) – A aposta da edilidade porto-novense na criação de espaços verdes na cidade do Porto Novo foi hoje destacada pela Fundação Fundamental, com sede em Santo Antão, que reconhece o impacto das intervenções feitas “nos últimos anos”.

“A presença de áreas verdes nas nossas cidades traz uma considerável melhoria e estabilidade microclimática, devido a diversos aspectos, de entre os quais a redução do calor, das amplitudes térmicas e da insolação directa, bem assim a ampliação das taxas de evapotranspiração.

Por estes motivos, a fundação, que actua na defesa, preservação e promoção do desenvolvimento ambiental integrado e sustentável de Santo Antão, através de uma nota, publicada na sua página da rede social do facebook, reconheceu “publicamente os esforços despendidos, nos últimos anos” pela autarquia, na criação de espaços verdes.

A cidade do Porto Novo, conforme a fundação, é a mais quente da ilha de Santo Antão, com um clima quente e seco durante o dia e frio e seco ao longo da noite.

A Câmara Municipal do Porto Novo diz ter em curso “um plano de embelezamento” da cidade do Porto Novo, onde pretende “proximamente” desencadear “uma grande campanha de plantação de árvores”, informou o vereador responsável pela área do ambiente, Valter Silva.

Nos últimos dois anos, foram fixadas mais de três mil espécies de plantas ornamentais na cidade do Porto Novo, segundo o executivo camarário, que pretende, até 2024, fixar mais cinco mil plantas.

Através do fundo do ambiente, a autarquia diz ter assegurado uma verba de seis mil contos para arborização neste município.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos