Porto Novo: Dificuldades no escoamento de produtos com dias contados, acreditam os agricultores

Porto Novo, 02 Mai (Inforpress) – Os agricultores de Chã de Branquinho, no interior do concelho do Porto Novo, Santo Antão, têm a esperança de que, ainda no decorrer deste ano vão poder escoar, “sem dificuldades”, os seus produtos, graças ao desencravamento desse vale.

Chã de Branquinho possui grande potencial agrícola, mas devido ao seu isolamento, os agricultores têm enfrentado sérias dificuldades no escoamento dos excedentes para o mercado, situação que, acreditam os lavradores, está com os dias contados.

Os produtores reagem, assim, à notícia de que, ainda este ano, vai ser construída a estrada de acesso à Chã de Branquinho, projecto já financiado no quadro do PRRA (programa de reabilitação, requalificação e acessibilidades) e já submetido ao concurso público para a sua adjudicação.

Além de facilitar o escoamento dos produtos agrícolas, a estrada vai permitir ainda, segundo a delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) no Porto Novo, intervenções na barragem sub-terrânea de Chã de Branquinho, afectada pelas cheias de 2016.

Trata-se de intervenções que, conforme o MAA, exigem a utilização de maquinarias pesadas que, sem estrada, não podem ser transportadas à Chã de Branquinho, um dos principais vales agrícolas do concelho do Porto Novo.

A estrada de acesso a essa zona faz parte de um pacote de cinco estradas financiadas pelo Governo, através do PRRA, que inclui, além de Chã de Branquinho, ainda Figueiral (Paul) Cruzinha (Ribeira Grande), Lagoa do Planalto Leste (Porto Novo) e Martiene (Porto Novo).

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos