Porto Novo: Associações de agricultores vêem com bons olhos instalação do centro agro-industrial em Santo Antão

Porto Novo, 05 Out (Inforpress) – As associações de agricultores no concelho do Porto Novo, parceira do projecto agro-industrial de Santo Antão, vêem “com bons olhos” a instalação de um centro nesta ilha para a transformação e certificação dos produtos agrícolas, desta ilha.

No quadro do projecto agro-industrial de Santo Antão, a cargo da empresa Aquasun Energia e Água, está prevista a instalação de um centro no Porto Novo para a transformação e certificação dos produtos agrícolas para serem exportados para os mercados turísticos.

A associações de agricultores nas zonas abrangidas pelo projecto, estimado em 35 milhões de euros, entende que Santo Antão precisa de uma infra-estrutura do tipo que aposta, sobretudo, no tratamento, transformação e certificação dos produtos.

Casa de Meio é uma das zonas contempladas pelo projecto, no qual os agricultores depositam “muita esperança”, já que pode resolver o problema de mercado para os produtores agrícolas deste concelho, conforme o líder da associação local, Hipólito Lima.

O projecto abrange ainda o perímetro agrícola de Ponte Sul, onde, também, os agricultores estão, também, “muito confiantes” uma vez que acreditam que este empreendimento ajudará a contornar o problema de embargo, imposto aos produtos agrícolas de Santo Antão, avança o representante, Augusto Fortes.

Este projecto, que deve arrancar ainda este ano, consiste na montagem de um parque solar de 7.5 mega-watts e uma unidade de dessalinização da água do mar de mais de 3.500 metros cúbicos de água por dia para a promoção da agricultura, pecuária e transformação agro-industrial.

A empresa promotora pretende ainda instalar em Santo Antão um centro agro-industrial para a transformação e certificação de produtos, além de adquirir toda a produção agrícola nas zonas de Casa de Meio, Lajedos e Ponte Sul.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos