Porto Novo: Associação portuguesa ajuda camponeses do Planalto Norte a lidar com “seca severa”

Porto Novo, 07 Abr (Inforpress) – O Planalto Norte do Porto Novo (Santo Antão) recebeu nos últimos dias uma série de acções demonstrativas de práticas agrícolas sustentáveis com agricultores e criadores de gado, promovidas pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal).

Conforme a associação, a iniciativa, que se enquadra no âmbito do projecto “No crê água para o desenvolvimento sustentável do Planalto Norte” (queremos água para o desenvolvimento sustentável do Planalto Norte, em português), teve como propósito ajudar esses camponeses a lidar com “a seca severa” que fustiga a zona, ensinando-os a adoptarem “medidas de adaptação às alterações climáticas”.

Planalto Norte do Porto Novo, considerado “o rosto da seca” em Cabo Verde, é uma das localidades abrangidas pelo programa de mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, desencadeado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente a partir do mês de Fevereiro.

Porto Novo foi contemplado, no âmbito do plano de mitigação da seca, que decorrerá até Setembro, com o montante de 38 mil contos, referiu fonte do Ministério da Agricultura e Ambiente.

JM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos