Porto Novo: Agricultores reivindicam mais água para agricultura em Morro Cavalo

Porto Novo, 14 Abr (Inforpress) – Os 50 agricultores no perímetro agrícola de Morro de Cavalo, (Ribeira da Cruz), no Porto Novo, Santo Antão, precisam de 140 toneladas de água/dia para irrigar as suas parcelas, mais 60 toneladas em relação à quantidade disponibilizada, actualmente.

Segundo os agricultores, as 80 toneladas de água disponibilizada, diariamente, nesta altura, através de furos, para este perímetro agrícola mostram-se “insuficientes” para atender às necessidades dos lavradores, que desejam aumentar a área irrigada.

Os agricultores dizem ter, já por várias vezes, analisado com o próprio Ministério da Agricultura e Ambiente e com a Associação dos Agricultores em Ribeira da Cruz a necessidade se aumentar a quantidade de água para Morro de Cavalo, uma vez que a quantidade disponibilizada (80 toneladas/dia) tem sido insuficiente.

Para responder às necessidades actuais em termos de irrigação em Morro de Cavalo, seria desejável, segundo o agricultor, Marcelino Medina, que a associação dos agricultores em Ribeira Cruz disponibilizasse mais 60 toneladas/dia, perfazendo um total de 140 toneladas.

Entretanto, o MAA garante que o reforço da disponibilidade e água para agricultura em Morro Cavalo está previsto no quadro do projecto de reordenamento da bacia hidrográfica Ribeira da Cruz/Jorge Luís, que começa a ser implementado ainda este ano.

O perímetro agrícola de Morro de Cavalo vai ser contemplado com a construção de um reservatório e aumento de disponibilidade de água para rega.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos