Polícia Nacional faz 46 detenções em “megaoperação” realizada na sexta-feira

Cidade da Praia, 12 Nov (Inforpress) – A Polícia Nacional deteve 46 indivíduos no âmbito de uma “megaoperação” realizada na sexta-feira, em todas as ilhas de Cabo Verde, a maioria, 28 pessoas, foi detida para efeito de identificação, avançou hoje a corporação.

Em comunicado a PN, informa que a operação foi executada no período das 16:00 às 19:00, em que estiveram envolvidos todos os Comandos afectos à PN, com a utilização dos meios humanos e matérias de que dispõem.

O objectivo, avançou a PN, foi transmitir “uma maior tranquilidade” e segurança pública aos cidadãos e seus bens, bem como a fiscalizações das praias de mar e cidadãos estrangeiros residentes, com pequenas actuações nos domínios de ordem pública, dando-se maior ênfase ao sector do trânsito rodoviário.

Contudo, realizou-se algumas operações no campo da Direcção de Emigração e Fronteira (DEF), da Guarda Fiscal e da Polícia Marítima.

Esteve envolvido nesta missão um total de 491 efectivos, sendo 40 oficiais, 52 subchefes e 399 agentes, que se mobilizaram em 55 viaturas auto e oito motociclos.

Com relação à ordem pública, foram abordadas 614 pessoas, das quais 514 foram alvos de revistas e outas 44 tiveram suas viaturas revistadas.

Foram detidas 46 pessoas, a maioria, 28, para efeito de identificação. Quanto ao restante, uma foi detida por desobediência, sete por posse e uso de arma branca, uma por condução sob efeito do álcool, cinco por condução ilegal. Houve ainda outras quatro detenções, entre os quais dois detidos para ser apresentado ao poder judicial.

A PN realizou ainda 11 apreensões armas brancas, seis de canábis, 12 de haxixe, 350 litros de bebidas alcoólicas e sete “outras apreensões”.

No domínio do trânsito foram fiscalizados 1.765 veículos, dos quais 1.533 são de particulares, em que 36 foram apreendidos. Foram ainda fiscalizadas 194 viaturas de aluguel, destes um foi apreendido. Quanto aos veículos do Estado, foram fiscalizados 38, tendo um sido apreendido.

Ainda no domínio do trânsito foram realizados 249 testes de álcool, apreendidos 84 documentos e aplicado um total de 88 coimas, no valor de 947.500 escudos.

Quanto às actividades realizadas no âmbito da Direcção de Emigração e Fronteira foram abordados 135 estrangeiros, dos quais 17 foram encontrados em situação irregular, 14 foram notificados, oito conduzidos à esquadra. As autoridades aplicaram seis coimas a estrangeiros que atingem o valor de 30 mil escudos no total.

Já em relação às actividades relacionadas com a Guarda Fiscal, foram fiscalizados 162 estabelecimentos comerciais, em que dois foram encerrados. A Polícia Nacional fiscalizou 44 viaturas chapa verde, tendo sido uma apreendida.

Foram ainda apreendidas 67 garrafas de bebidas espirituosas e realizadas 54 buscas e varejos nas lojas e estabelecimentos comerciais.

No campo da Polícia Marítima forma fiscalizados 27 navios e realizadas 12 buscas e varejos feitos em navios e botes de pescas, tento sido encontra um tripulante a laborar em situação irregular e aplicada uma coima.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos