PM quer reforço de parcerias em segurança marítima e cibersegurança com os EUA

Cidade da Praia, 22 Jan (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje, na Cidade da Praia, que Cabo Verde pretende reforçar parcerias nas áreas da segurança marítima e da cibersegurança com os EUA.

A pretensão foi manifestada durante o encontro com o secretário de Estado dos Estados Unidos da América (EUA), Anthony Blinken, que se encontra de visita a Cabo Verde, num âmbito de uma digressão pela África.

De acordo Ulisses Correia e Silva, essa parceria seria numa perspectiva regional e global, “com uma base estruturada e previsível”. “Defendemos que a parceria para o desenvolvimento e para a segurança cooperativa devem andar juntas. É de interesse comum”, apontou.

Na sua intervenção, o chefe do Governo, pediu o regresso do Corpo da Paz a Cabo Verde para a massificação da língua inglesa no país, como estratégia para o desenvolvimento do potencial da conectividade turística, empresarial e académica, “num país aberto ao mundo e com elevado nível de liberdade económica”.

Para o primeiro-ministro, esta visita reforça as excelentes relações entre Cabo Verde e EUA e demonstra um exemplo do “genuíno” interesse da administração Biden [presidente dos EUA] em parcerias “win-win” com a África.

“Cabo Verde é um parceiro antigo e consistente dos EUA. Temos uma diáspora de milhares de cidadãos americano-cabo-verdianos orgulhosos das suas origens”, notou Ulisses Correia e Silva, defendendo que a história, a diáspora e os valores da democracia, do direito internacional e do multilateralismo.

Por isso, apontou que, com base nessas referências, Cabo Verde condena a invasão da Rússia à Ucrânia, o acto terrorista do Hamas em Israel e os golpes de Estado que têm ocorrido em África.

“Definimos de forma clara e explícita, os EUA, o Brasil, a União Europeia e o Reino Unido como parceiros estratégicos para a segurança e defesa cooperativas”, acrescentou.

Na ocasião, Ulisses Correia e Silva reconheceu o apoio dos EUA no combate à covid-19, a distinção com mais um pacote do Millennium Challenge Account, a construção da nova embaixada na Praia e o programa de parceria com a National Guard de Hampshire.

“Queremos reforçar as nossas relações ao nível do diálogo político e diplomático, da atracção de investimentos e exportação, da formação, ciência e tecnologia”, indicou o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Anthony Blinken encontra-se em Cabo Verde no quadro de uma digressão pela África que integra ainda passagens por Costa do Marfim, Nigéria e Angola.

O governante norte-americano esteve esta manhã no Porto da Praia, na Cidade da Praia, infra-estrutura que beneficia do financiamento do Millennium Challenge Corporation (MCC).

Esta primeira visita de um Secretário de Estado norte-americano a Cabo Verde, segundo uma nota do Governo, simboliza “forte amizade e a parceria exemplar entre os dois países”.

OM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos