Pedra Badejo quer posicionar-se como capital da mobilidade eléctrica em Santiago Norte – presidente da câmara

Pedra Badejo, 09 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, manifestou hoje a ambição de tornar a cidade de Pedra Badejo como capital da mobilidade eléctrica em Santiago Norte “e quiçá de Cabo Verde”.

“Neste momento, temos quatro táxis e mais de 100 motociclos “tuc-tuc” 100 por cento (%) eléctricos, quer dizer que temos mais de 100 pessoas que já estão com sensibilidade, com experiência e conhecimento sobre a mobilidade eléctrica. Portanto, são poucos os municípios em Cabo Verde que já atingiram tal meta”, adiantou à Inforpress Carlos Silva.

E tendo em conta, que segundo ele, este município “eminentemente agrícola” está na dianteira da mobilidade eléctrica, reforçou que a câmara vai continuar a apostar na sensibilização dos munícipes que actuam no sector dos transportes, incentivando-os a apostar na mobilidade sustentável, através da substituição progressiva de veículos de combustão interna por veículos eléctricos.

“Vamos criar incentivos para que possamos ter além dos quatro táxis 100 % eléctricos, carros eléctricos para particulares em Santa Cruz”, indicou, acrescentando que a própria edilidade tem um programa de aquisição de veículos eléctricos.

O autarca acrescentou que o município, que conta com 25 táxis, dos quais quatro são eléctricos, nos próximos tempos vai priorizar licenças para táxis, para os que são 100% eléctricos.

Durante a entrevista, Carlos Silva adiantou que no decurso deste mês Santa Cruz vai ter um posto de recarga para veículos elétricos, para que estes primeiros proprietários de veículos eléctricos deixem de fazer o carregamento nas suas próprias casas.

Por outro lado, anunciou que a edilidade está a trabalhar com empresas para que este município que quer ser “ambientalmente sustentável” tenha, igualmente, pontos de recargas exclusivamente para motociclos “tuc-tuc”.

FM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos