PCA da FIC pede intervenções do Estado para garantir “mais dignidade” à feira internacional

Cidade da Praia, 07 Nov (Inforpress) – O presidente do conselho de administração da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC), Marcos Rodrigues, solicitou hoje, na cidade da Praia, intervenções do Estado que garantam a realização da FIC “com mais dignidade”.

“As dinâmicas das feiras têm sido sempre em crescente desde a primeira hora, e nós temos provado que é necessário cada vez mais uma intervenção do Estado na criação de condições objectivas para que possamos, cada vez mais, fazer esse evento com bastante dignidade”, vincou.

Marcos Rodrigues falava em conferência de imprensa realizada hoje para detalhar a programação do evento que arranca no próximo dia 15 de Novembro e que já vai na sua 26ª edição.

“Estamos a falar em termos de equipamentos, como se deve calcular, um País que almeja o desenvolvimento e que tem estratégia para se colocar num posicionamento mundial do seu desenvolvimento tem que ter um espaço condigno para o desenvolvimento da sua actividade”, sustentou aquele responsável.

Marcos Rodrigues determinou ainda que o espaço usado actualmente para a realização do evento, por ser um hangar, não reúne as condições suficientes para o “alto desempenho” que Cabo Verde almeja e aspira.

Recordou as várias comunicações do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, de que irá resolver esta questão da produção de um equipamento digno para Cabo Verde para que se possa ter grandes feiras, no entanto, até agora aguarda-se para um espaço “com a dignidade que Cabo Verde se apresenta hoje ao mundo”.

O PCA lembrou que a FIC é um evento de interesse internacional, há cada vez mais interesse de muitas empresas internacionais em expor em Cabo Verde.

“Percebemos que para edição deste ano em pouco tempo o espaço já estava esgotado, o que quer dizer que se nós tivéssemos um espaço com outras condições, teríamos mais presenças e teríamos mais empresas a expor na FIC, e é importante que Cabo Verde, caso queira reabraçar a economia global, se prepare para isto”, alertou.

A Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) 2023 acontece de 15 a 18 de Novembro, na Praia, sob o lema “Transformar dificuldades em desafios”, e conta com mais de duas centenas de stands já esgotados, para cerca de 110 expositores, segundo os responsáveis da administração.

Além de Cabo Verde, a FIC conta com participações de Portugal, França, Brasil e Estados Unidos da América.

O evento visa sobretudo a promoção das empresas nacionais e internacionais, bem como a dinamização das actividades económicas em Cabo Verde.

TC/JMV
Inforpress/Fim

 

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos