Partículas do vulcão das Canárias causam redução da visibilidade em Cabo Verde – INMG

Mindelo, 15 Out (Inforpress) – O INMG informou, hoje, que, nos últimos dias, tem verificado a redução da visibilidade em Cabo Verde devido ao aumento contínuo de queda de partículas, que poderão estar relacionadas com fenómeno eruptivo em curso nas Canárias.

De acordo com uma nota do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG), a que a Inforpress teve acesso, essas partículas na atmosfera são transportadas pelo fluxo norte/nordeste, referindo, entanto, que não existem evidências do aumento da concentração de gases nocivos na atmosfera.

“Os dados registados nos Observatórios do INMG, (Praia e Mindelo) continuam a mostrar que não existem evidências do aumento da concentração de gases, nomeadamente o dióxido de enxofre (SO2) e monóxido de carbono (CO), na superfície. Contudo, não se descarta a possibilidade da presença de eventuais partículas de dióxido de enxofre (SO2) na alta atmosfera”, lê-se na nota

Conforme o INMG, o aumento da concentração destas partículas na atmosfera, além de diminuir a visibilidade, reduz a qualidade do ar e pode afectar a saúde pública, bem como as actividades socioeconómicas, nomeadamente, operações aéreas e marítimas.

Por isso, o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica defendeu que devem ser seguidas as medidas de precaução divulgadas pelas autoridades da saúde e Protecção Civil.

Também garantiu que continuará a fazer o “acompanhamento permanente da evolução do estado do tempo, a sua vigilância e monitorização, actualizando as informações de forma regular e contínua”.

A erupção do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, nas Canárias, começou a 19 de Setembro e, desde então, destruiu mais de 800 prédios.

Também forçou a remoção de mais de mil moradores e destruiu ao menos 150 hectares de terra, boa parte usada para o cultivo de bananas. O fluxo de lava também atingiu o Oceano Atlântico formando uma extensão de 38 hectares.

O vulcão Cumbre Vieja situa-se na ilha de La Palma, uma das que integram o arquipélago espanhol das Canárias, situada no oceano Atlântico, a oeste da costa de Marrocos.

CD/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos