Novo presidente do INMG propõe fazer do instituto uma referência nacional

Cidade da Praia, 14 Set (Inforpress) – O novo presidente do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG), José Manuel Pereira, hoje empossado, propôs trabalhar para fazer do Instituto uma referência nacional.

José Manuel Pereira garantiu que tudo vai ser feito para capitalizar todas as boas práticas que vêm sendo desenvolvidas e implementadas no INMG ao longo dos anos e ainda propor novas políticas estratégicas e inovadoras.

“Portanto, é trabalhar para melhorar a performance e índice do desempenho do Instituto, na qualidade de autoridade nacional no domínio da meteorologia, para fins aeronáutico, marítimo e geofísico no território cabo-verdiano e no prosseguimento das políticas nacionais que promovam a consolidação dos serviços de meteorológicos, da climatologia e da geofísica, essenciais para o desenvolvimento sustentável”, disse.

Para tal propõe investir no capital humano e, igualmente, em tecnologias de ponta que permitam promover agilidades nos processos, através da automatização das actividades repetitivas que permitam aumentar a eficácia e reduzir os erros no processo, evitando os chamados o retrabalho.

Propôs ainda promover a redução dos custos, nomeadamente os custos operacionais, ainda permitir aos colaboradores trabalhar remotamente, o que na sua perspectiva, poderá aumentar a sua produtividade.

“Estes são, entre outros, os pilares que conferem o diferencial necessário para destacar o INMG como uma referência nacional nas áreas da sua actuação e constituir laços fortes com os parceiros nacionais e estrangeiros”, indicou.

Ao conferir posse aos novos membros do Conselho de Administração do INMG, o ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, exortou os mesmos a fazerem uma boa gestão para que o Instituto possa somar mais investimento e transformar-se numa referência a nível do país e da sub-região.

O governante lembrou que nos últimos anos foram feitos investimentos na melhoria das instalações, dos equipamentos, nos softwares e nos recursos humanos, mas reconheceu que é preciso investir muito mais.

“O novo conselho de administração, ciente deste objectivo, terá por missão de facto liderar muito bem este processo, juntando e fazendo parte todos os colaboradores e demais parceiros. Daí que queria aproveitar a oportunidade para chamar atenção do Conselho de administração, no sentido de continuar o trabalho da estabilização do INMG em termos de pessoal”, recomendou.

José Manuel Pereira é doutor em Geologia e mestre em Ciências do Ambiente. Vai ser coadjuvado pelas administradoras Denise de Pina, que foi reconduzida do conselho anterior, e Ester Brito que igualmente já presidiu o Instituto.

ES/MJB/JMV
Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos