Nove empresas com contratos assinados com Parque Tecnológico começam a operar este mês – PCA

Cidade da Praia, 12 Nov (Inforpress) – O presidente do conselho de administração (PCA) do Parque Tecnológico de Cabo Verde, Carlos Monteiro, disse hoje que nove empresas com contratos assinados com o Parque Tecnológico de Cabo Verde (Techpark CV) começam a operar ainda este mês.

Em entrevista à Inforpress, Carlos Monteiro adiantou que vão assinar o contrato com mais 20 empresas, explicando que em relação aos que já assinaram os contratos, os espaços já estão liberados para iniciarem os seus trabalhos e que estão apenas a fazer “pequenos ajustes” de personalização nos respectivos espaços.

O Parque Tecnológico, localizado na zona de Achada Grande Frente, nas imediações do Aeroporto Internacional da Praia Nelson Mandela, tem capacidade para acolher 40 empresas, dependendo do espaço ou área solicitada por cada empresa, do sector público ao privado, ligadas às tecnologias de informação.

Embora seja um investimento público do Governo, o TechPark alberga empresas dos sectores público e privado, sendo que a maioria são dos privados. A ideia, conforme explicou Carlos Monteiro, é potencializar a economia digital com os privados para serem os principais “players”.

Nosi, Devtrust, MGO Consulting, Tei Comunicações e Sintaxy são algumas das empresas que já assinaram o contrato com esta instituição.

O Parque Tecnológico de Cabo Verde é o primeiro parque da sub-região da Costa Oeste da África, onde privilegia a inovação e incentiva o empreendedorismo promovendo condições de excelência para as empresas inovarem, crescerem e serem competitivas.

Esta instituição disponibiliza espaços para incubação e aceleração de entidades, com serviços essenciais de desenvolvimento de negócios, treinamentos, consultoria em gestão de inovação e preparação de projectos e assessoria técnica e jurídica.

As empresas podem adquirir espaços físicos dentro das dependências do parque ou utilizar suas instalações e infraestruturas como salas de reuniões e Internet. E, através dos data centers, serviços de infra-estrutura digital de qualidade e soluções tecnológicas como “cloud computing” e “hosting”.

DG/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos