Nova directora nacional do Ambiente diz que assume funções com “espírito de enorme responsabilidade”

Cidade da Praia, 29 Set (Inforpress) – A nova directora nacional do Ambiente, Águeda de Burgo, disse hoje, na cidade da Praia, que assume as funções, em substituição a Alexandre Nevsky, com espírito de “enorme responsabilidade”, missão e empenho, porque são ocupações “bastante exigentes”.

Em declarações à imprensa, momentos após a tomada de posse, numa cerimónia presidida pelo ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, Águeda de Burgo realçou que as prioridades, neste momento, da Direcção Nacional do Ambiente (DNA) é apostar na conservação da natureza, assim como trabalhar nas áreas das convenções internacionais.

“É disciplinar a questão da nossa legislação que existe, mas muitas vezes não é aplicada, é alargar a nossa acção a todos os parceiros na área ambiental, quer entre instituições, quer a sociedade civil”, acrescentou.

Para já vai afirmando a recém-empossada que se trata de uma tarefa “bastante complexa” uma vez que há que se ligar com muitos parceiros e instituições.

“Temos de dar respostas aos cidadãos e à sociedade civil, temos respostas a dar aos parceiros internacionais, a toda a gente. Isto é um trabalho que não é de uma só pessoa, é um trabalho de uma equipa coesa, empenhada em fazer as coisas acontecerem e, por isso, a DNA conta com várias direcções de serviços.

Na mesma cerimónia também tomou posse a nova directora-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão do Ministério da Agricultura e Ambiente, Arilde Teixeira, mas esta não quis prestar declarações à imprensa.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos