Ministra de saúde confirma casos suspeitos de dengue na ilha do Fogo

Cidade da Praia, 13 Nov (Inforpress) – A ministra da Saúde confirmou hoje a suspeita de dez casos de dengue na ilha do Fogo, afirmando ter sido já feita a colheita de sangue para exames laboratoriais.

Filomena Gonçalves que falava à imprensa, avançou que o Ministério da Saúde desde a primeira hora que recebeu a notificação de casos suspeitos pôs em prática o plano de emergência.

Segundo a governante, que admite que a nível nacional todas as estruturas da saúde estão preparadas, adiantou ainda que é devido a essa forte monitorização que foram detectados os casos suspeitos na ilha do Fogo.

Face a esta constatação, apela a todos os cabo-verdianos a abraçarem os desafios, instruções e apelos das autoridades sanitárias para que o País possa vencer “mais este desafio”.

Informou ainda que o facto de Cabo Verde estar a trabalhar para a certificação ‘livre de paludismo’ todos os concelhos estão dotados de um posto de monitorização.

Recorde-se que na semana passada a cidade da Praia foi confrontada com o registo de dois casos de dengue confirmados pelo Instituto Pasteur do Senegal.

É de lembrar que Cabo Verde foi fustigado pela epidemia da Dengue em 2009 com registos que apontaram para 21.383 casos suspeitos, com evolução de 174 para febre hemorrágica e seis óbitos.

De Janeiro a Junho de 2010, o País registou 305 casos da Dengue, sendo os concelhos da Praia e São Filipe os que mais casos tiveram. Em 2016 o País voltou a registar de finais de Dezembro de 2016 até Fevereiro de 2017, 23 casos de dengue.

PC/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos