Ministérios da Saúde e da Educação iniciam campanha de desparasitação de crianças

Cidade da Praia, 01 Dez (Inforpress) – As autoridades sanitárias iniciam na terça-feira, 03, uma campanha de desparasitação das crianças do pré-escolar e do ensino básico obrigatório, com o objectivo de reduzir a carga de infecção pelos parasitas intestinais nas crianças.

Com esta acção, levada a cabo pelo Ministério da Saúde e da Segurança Social em parceria com o Ministério da Educação, pretende-se que as crianças cresçam mais saudáveis.

Em nota de imprensa, o Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo salienta que em todo o mundo há cerca de um bilhão e meio de pessoas infectadas com helmintos transmitidos pelo solo e metade delas são crianças.

As doenças helmínticas podem ser prevenidas e combatidas através de algumas medidas de saúde pública comprovadas de baixo custo e efectivas, destacando o saneamento básico, a higiene do meio, a educação para a saúde e as medidas antiparasitárias, refere a nota.

De acordo com o documento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que nas populações onde crianças em idade escolares são parasitadas, para além de outras estratégias de intervenção, deve-se também fazer a desparasitação de modo a diminuir a gravidade e a mortalidade por certas doenças como a diarreia.

AV/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos