Maio: Escola do Ensino Básico de Morrinho inicia as aulas com a “mesma determinação” em continuar a ser referência na ilha

Porto Inglês, 24 Set (Inforpress) – As professoras da escola do Ensino Básico da localidade de Morrinho expressaram hoje que iniciaram mais um ano lectivo com a mesma determinação de sempre, de modo a continuarem a ser a uma escola referência na ilha.

Em declaração à Inforpress, a professora Porfíria Carvalho assegurou que estão todas engajadas em continuarem a trabalhar, em parceria  com a comunidade de Morrinho, que considerou ser “uma boa parceira”.

A docente adiantou que  graças à colaboração da comunidade, a escola atingiu um “outro patamar”, e que desejam continuar com as mesmas relações para que possam poder melhorar,  cada vez mais,  os  resultados que até agora alcançados.

Porfiria Carvalho reiterou a vontade da escola de estar cada vez mais próxima da comunidade, envolvendo-a nas diversas actividades já traçadas para o presente ano lectivo, lembrando que neste últimos anos estão a angariar mais padrinhos tanto a nível local como por parte dos turistas e europeus que vivem na ilha e que graças a isso estão a conseguir vários tipos de apoio.

“Temos vindo a receber vários tipos de apoio, como materiais didácticos e géneros alimentícios fornecidos pela comunidade local,  como pescadores, agricultores, bem como a nível  financeiro e materiais para pintura da nossa escola”, salientou.

A professora afiançou que, brevemente, vão receber manuais de 1º ao quarto anos de ensino básico oferecidos por um jovem da referida localidade, que também tem oferecido pratos para que as crianças possam ter as suas refeições sem nenhum constrangimento.

Para este ano lectivo, Porfíria Carvalho  informou que estão matriculados cerca de 45 alunos, do 1º ao 4º anos de escolaridade, cifra que considerou ser “muito abaixo da média”, apesar deste ano também estão a contar com a participação dos alunos da localidade de Cascabulho, que devido ao reduzido número, num total de 08, foram agrupados na escola de Morrinho.

Por  isso, considerou a redução do número dos alunos nos últimos anos como sendo “um pouco preocupante”.

“Este ano,  caso não tivéssemos a presença dos alunos da localidade de Cascabulho, também iríamos ter cerca de 30 alunos de 1ª a 4ª classe, o que consideramos ser um pouco preocupante, porque este número tem vindo a diminuir ano após ano e devido a este facto temos turmas compostas de 1º e 2º ano juntos e 3ª e 4ª classe na outra sala”, enfatizou.

A ampliação do horto escolar, assim como a comemoração de algumas datas importantes que dantes não eram celebradas constam do plano de actividades para o presente ano lectivo, que tem como grande meta conseguir melhor a taxa de aprovação e nenhum caso de abandono escolar, para além da realização dos jogos inter-escolas.

WN/JMV

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos