Imóvel do Consulado de Cabo Verde em Holanda será reconstruído

Cidade da Praia, 10 Mai (Inforpress) – O ministro dos Negócios Estrangeiros disse hoje à Inforpress que o imóvel do Consulado de Cabo Verde em Roterdão, Holanda, vai ser reconstruído no quadro de um arranjo urbanístico envolvendo a Câmara Municipal de Roterdão e outros promotores.

Segundo Luís Filipe Tavares, todo o quarteirão onde se situa o prédio do consulado e outras instituições serão demolidos e vai-se erguer uma zona completamente nova com a construção de novos prédios.

“O que acontece é que o edifício vai ser demolido e toda aquela zona vai sofrer um arranjo urbanístico e vai haver a demolição de vários prédios. Então, como nós temos o nosso consulado num dos prédios, o promotor da zona vai construir um novo edifício e vamos ter o mesmo consulado na mesma zona, com instalações modernas, e ele vai continuar a ser a propriedade de Cabo Verde”, explicou o ministro.

O imóvel onde se encontra instalado o Consulado Geral de Cabo Verde foi construído nos anos 60 do século passado e foi adquirido pelo Estado de Cabo Verde em Julho de 2007.

O Governo vai negociar com o consórcio liderado pela Real Estate Devellopement Company (RED Company) que quer aproveitar o espaço para ali construir, concomitantemente e anexo à uma torre de 150 metros de altura, um edifício de habitação de cinco andares, com estacionamento vertical, sendo o rés-do-chão reservado à Casa da Cultura (sala de actos) e o primeiro andar à chancelaria do Consulado de Cabo Verde.

Durante o período da construção que se perspectiva ser de 24 a 36 meses, a RED Company assumirá com o arrendamento de outro local para o funcionamento provisório do Consulado e os custos relativamente às mudanças de um lugar para o outro.

Após as obras estarem concluídas, os espaços do renovado Consulado Geral de Cabo Verde na Holanda, Chancelaria e Casa de Cultura, passarão a ser propriedades do Estado de Cabo Verde, sem custos adicionais.

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades afirmou que está a negociar intervenções semelhantes nas embaixadas e representações consulares nos outros países, à semelhança do Consulado Geral de Cabo Verde na Holanda.

CD/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos