Ilha do Sal: Governo apresenta sistema de informação das carteiras profissionais

Santa Maria, 23 Nov (inforpress)- O Governo apresentou hoje oficialmente, na cidade de Santa Maria, o Sistema de Informação das Carteiras Profissionais (SICP), visando gerir este título profissional para as áreas de hotelaria, restauração e turismo.

O diretor-geral do Emprego, Danilson Borges, fez a apresentação deste sistema como uma solução digital e automatizada que possibilita todo tratamento do processo online, de forma célere, para promover a valorização da qualificação profissional.

“O Sistema de Informação das Carteiras Profissionais é uma plataforma onde automatiza todos os dados dos profissionais, gere a base de dados desde do inicio do pedido até à emissão da carteira profissional. Com a emissão deste sistema a carteira profissional passa a ser um documento digital”, sublinhou Borges.

A carteira profissional passa assim a constituir uma condição necessária e indispensável para o acesso e exercício das profissões de pasteleiro, empregado de mesa e bar, recepcionista de hotel, cozinheiro e guia de turismo, que, segundo ainda este responsável, “valoriza ainda mais a formação profissional e garante direitos aos que exercem a profissão”.

“A carteira profissional é um instrumento que valoriza a competência das pessoas, porque para ter acesso a este documento é preciso ter uma qualificação profissional ou que tenha experiência profissional de mais de cinco anos, validado através da validação/certificação das competências, mas o que está por de trás disso é disponibilizar uma mão-de-obra qualificada”, explicou.

Desde Outubro último que o SICP está acessível aos profissionais destas áreas, através do site carteiraprofissional.gov.cv , com um custo administrativo de 1500 escudos.

Ainda durante a cerimónia, a Direção-Geral do Emprego e a Câmara de Turismo rubricaram um protocolo de cooperação para garantir maior apoio e difusão de informações sobre as carteiras profissionais.

O Governo, através da lei nº107/IX/2020 de 14 de Dezembro, instituiu a carteira profissional como condição indispensável para o acesso e exercício das profissões.

NA/IMV
Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos