Ilha do Sal: Directora do hospital garante que transporte de sangue para análise laboratorial é feito “em segurança”

Espargos, 14 Out (Inforpress) – A directora do Hospital Ramiro Figueira, na ilha do Sal, garantiu hoje que o transporte de sangue para análise laboratorial, destinado à transfusões é feito em segurança, com “toda a atenção e cuidado”, mesmo pela via marítima.

A ilha do Sal é uma ilha com um número considerável de doadores voluntários de sangue, entretanto, de acordo com informações que a Inforpress dispõe, o sangue colectado fica “muito tempo reservado” à espera, até o seu transporte para análise laboratorial na Praia ou São Vicente.

Algumas pessoas e mesmo doadores manifestam preocupação sobre a matéria, questionando se de facto o sangue a ser examinado em São Vicente, neste caso, chega em condições e em segurança, já que precioso, para salvar vidas.

Confrontado com essas inquietações, a directora do hospital, Cláudia Silva informou que actualmente o sangue para a transfusão é transportado via marítima, bem acondicionado, atendendo todos os processos que envolvem o seu transporte e armazenamento em segurança, dentro da temperatura ideal.

Pelo que, reiterou, não há motivos para preocupação porque todas as precauções são “devidamente tomadas” nesse sentido.

SC/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos